Histórias reais que inspiraram os personagens de American Horror Story

O criador de American Horror Story, Ryan Murphy, se baseou em vários personagens e acontecimentos reais para colocar em prática a sua antologia de terror e suspense. Da primeira temporada, apelidada pelos fãs de American Horror Story: Murder House, até a atual, Hotel, AHS bebe de diversas fontes um tanto quanto traumáticas e assustadoras. Confira!

A Dália Negra, AHS: Murder House

A personagem Elizabeth Short (Mena Suvari), conhecida como The Black Dahlia, faz uma participação especial na primeira temporada de AHS. A personagem morre logo após entrar na casa. Short, na vida real, foi uma aspirante a atriz que mudou para Los Angeles e encontrou seu trágico fim em 1947. Seu assassinato continua sem solução, e inspirou décadas de filmes, livros e conspirações, incluindo o longa Dália Negra, de Brian de Palma.

dália negra

O Assassinato das Enfermeiras, AHS: Murder House

No segundo episódio da primeira temporada, um flashback conta a história de uma invasão e assassinatos ocorridos em 1968. O fato é uma referência ao serial killer Richard Speck, que invadiu uma casa em Chicago em 1966 e assassinou várias jovens estudantes de enfermagem.
enfermeira

Tate Langdon, AHS: Murder House

Em um episódio, é revelado que Tate (Evan Peters) provocou um tiroteio no seu antigo colégio em 1994, como uma forma de retaliação contra os colegas que zombavam dele. O caso é inspirado em diversos tiroteios em escolas que já ocorreram nos EUA. Tate pergunta a uma garota se ela acredita em Deus antes de matá-la, exatamente como aconteceu, segundo relatos, no Massacre de Columbine em 1999.

tate

Lana Winters, AHS: Asylum

Na segunda temporada, a personagem de Sarah Paulson (a jornalista Lana Winters) se interna por vontade própria no Sanatório de Briarcliff,  a fim de expor os terrores do lugar. A história se baseia na experiência real da jornalista Nellie Bly, que se internou no Women’s Lunatic Asylum, na ilha de Blackwell, em 1887, para divulgar os horrores cometidos contra as mulheres no local.

4- lana winters

Kit e Alma, AHS: Asylum

A relação de Kit e Alma (Evan Peters e Britne Oldford) é baseada no casal Betty e Barney Hill, primeiro casal inter-racial que foi positivamente progressista, em 1961. Na época, eles também foram as primeiras pessoas que alegaram terem sido abduzidas por alienígenas. Semelhante, não?

kit e alma

Grace, AHS: Asylum

A jovem Grace alega estar presa injustamente pelo assassinato dos pais. O seu caso, porém, relembra outro bastante conhecido: Grace teria assassinado os pais com um machado, assim como a notória Lizzie Borden, no século 19.

6- grace

Dr. Arden / Hans Gruper, AHS: Asylum

O personagem Dr. Arden, cuja identidade verdadeira posteriormente se descobre ser do alemão Hans Gruper, é baseado no agente alemão da SS Josef Mengele. Atuando como psiquiatra no campo de concentração de Auschwitz durante a Segunda Guerra Mundial, ele conduziu diversas experiências mortais e perigosas nos prisioneiros.

dr arden

Anne Frank, AHS: Asylum

Baseada na jovem judia que ficou mundialmente conhecida após ter seus diários publicados, a personagem vivida por Franka Potente imagina se Frank tivesse sobrevivido à Segunda Guerra Mundial e partido para os Estados Unidos sob uma nova identidade. Acusada pelo marido de ter delírios, ela é subjugada e submetida a uma lobotomia, e o resultado coloca em dúvida suas origens.

8- anne frank

Oliver Thredson, AHS: Asylum

O personagem de Zachary Quinto nada mais é que simplesmente um psicótico serial killer que usa pele e ossos de suas vítimas para… decorar a sua casa. Por mais surreal que pareça, a história é baseada no assassino e ladrão de catacumbas Ed Glein. Quando foi apreendido em 1957, na sua casa foram encontrados vários objetos feitos com os restos de suas vítimas, como um um abajur, vasilhas e outros objetos.

9- oliver thredson

Madame Delphine LaLaurie, AHS: Coven

Uma personagem tão racista e sádica parece ser demais para ter existido alguém assim na vida real. Porém, existiu. A verdadeira Marie Delphine LaLaurie era uma socialite de Nova Orleans, nascida em 1775 e obcecada por aparência e status. Ela mantinha vários escravos presos em seu sótão na Mansão de Royal Street, e os torturava. Seu segredo foi desvendado quando os bombeiros atenderam a uma chamada de emergência, e as suas vítimas foram encontradas.

AMERICAN HORROR STORY: COVEN Bitchcraft - Episode 301 (Airs Wednesday, October 9, 10:00 PM e/p) --Pictured: Kathy Bates as Madame LaLaurie -- CR. Michele K. Short/FX

Marie Laveau, AHS: Coven

A personagem de Angela Bassett é baseada em uma poderosa praticante de Vudu que morreu em 1881. Embora sua filha tenha herdado o mesmo nome, ela não tinha as mesmas habilidades que a mãe. Até hoje, o túmulo de Marie em Nova Orleans é visitado por pessoas que pedem que ela lhe conceda seus desejos.

11- marie laveau

Papa Legba, AHS: Coven

Personagem de Lance Reddick, Papa Legba é um espírito demoníaco intermediário entre os humanos e o mundo dos mortos. No Vudu, Legba é uma entidade benevolente que facilita ou nega a comunicação entre os vivos e o mundo dos espíritos.

12- papa legba

The Axeman, AHS: Coven

O personagem vivido por Danny Huston é baseado em um serial killer verdadeiro que atuou em Louisiana entre 1918 e 1919. Porém, sua identidade jamais foi descoberta. Pouco antes de seu reinado do terror chegar ao fim, uma carta foi enviada aos jornais, atribuída ao serial killer. A carta dizia que ele pouparia as vidas daquelas pessoas que colocassem jazz para tocar em suas casas.

13- the axeman

American Morbidity Museum, AHS: Freak Show

O Museu da Morbidez, onde Stanley e Maggie tentam vender suas imorais ‘curiosidades humanas’ é baseado no The Mütter Museum, na Filadéldia. O lugar apresenta uma permanente exibição que envolve de corpos mumificados a partes do cérebro e corpos de pessoas famosas, incluindo aí o próprio Albert Einstein.

14- american morbidity museum

Pepper, AHS: Freak Show

Primeira personagem a aparecer em duas temporadas (Asylum e Freak Show), Pepper é uma performista com microcefalia. Pepper é baseada em Schlitze Surtees, que atuou no filme de 1932 Monstros.
pepper

Jimmy Darling, AHS: Freak Show

O personagem Jimmy Darling, de Evan Peters, é baseado em Grandy Franklin Styles Jr., que se apresentava em um show de horrores e era portador de ectrodactilia, síndrome que fez com que seus dedos imergissem dando a suas mãos aspecto de patas. Stiles Jr. era o mais novo de uma família de seis irmãos, todos eles, incluindo o pai, portadores da síndrome que também se apresentavam em shows de horrores. Assim como o personagem de AHS, Stiles era alcoólatra e se tornou abusivo contra os amigos e familiares.
16- jimmy darling

Edward Mordrake, AHS: Freak Show

Vivido por Wes Bentley, Mordrake se apresentava no show de horrores por ter um rosto ‘extra’ que nasceu na parte de trás de sua cabeça, e o levou ao suicídio e se tornou um espírito vingativo. O Mordrake da vida real é bem parecido; ele de fato nasceu com uma face a mais, que apesar de não falar ou comer, muitos alegavam ter visto sorrindo. Mordrake era atormentado por ela, e jamais foi capaz de convencer algum médico a retirá-la. Isso acabou o levando ao suicídio, aos 23 anos de idade.
17- edward mordrake

Twisty the Clown, AHS: Freak Show

O personagem vivido na série por John Carrol Lynch é inspirado no serial killer John Wayne Gacy, que estuprou e matou pelo menos 33 jovens rapazes entre 1972 e 1978, em Chicago. Ele se vestia como palhaço para eventos e festas infantis.
18- twisty the clown

Hotel Cortez, AHS: Hotel

O próprio Ryan Murphy já declarou que o Hotel Cortez é parcialmente baseado no Hotel Cecil, em Los Angeles. O local atraía muitos serial killers e hóspedes curiosos, dentre eles até mesmo a jovem atriz Elizabeth Short, a Dália Negra de AHS: Murder House.
19- hotel cortez

Elizabeth / A Condessa, AHS: Hotel

A Condessa é a dona do Hotel Cortez, com ávido apetite sexual que sobrevive através de sangue humano. A inspiração veio de Elizabeth Bathory, condessa húngara dos séculos 16 e 17 que matou centenas de jovens garotas durante seu reinado, e conta a lenda que ela se banhava no sangue das garotas para manter sua aparência jovem.
20- elizabeth

James March, AHS: Hotel

O personagem de Evan Peters é o arquiteto dono do Hotel Cortez, que foi visto em flashbacks para a década de 1930. Ele construiu o design do hotel para satisfazer seus próprios desejos assassinos. Ele é inspirado no Dr. H.H. Holmes, um dos primeiros serial killers dos EUA. Holmes inaugurou vários hotéis a partir de 1893. Neles, ele construía quartos secretos, urnas a prova de som e depósitos para as suas vítimas. Acusado de matar 27 pessoas, apenas nove foram verificadas, porém, o número de suspeitas passa de 200.
james march

Aileen Wuornos, AHS: Hotel

A personagem de Lily Rabe é a serial killer que foi uma prostituta que matou sete homens na Flórida entre 1989 e 1990. Ela alegou que os homens tentaram abusar dela, e que os assassinatos foram em legítima defesa. Wuornos foi condenada e morreu com uma injeção letal em 2002.
aileen wuornos

Jeffrey Dahmer, AHS: Hotel

O personagem de Seth Gabel é inspirado no notório serial killer de mesmo nome. Entre 1978 e 1991, Dahmer matou 17 rapazes em Winscosin, cometendo estupros e desmembrando partes de seus corpos. À medida que evoluía, seus crimes começaram a envolver necrofilia e canibalismo. O que assustava é que sua boa aparência encantava várias mulheres, que se apaixonavam por ele e mandavam cartas de amor mesmo depois de sua condenação.
23- jeffrey dahmer

Comentários

Veja outras postagens dos nossos parceiros:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *